sábado, 3 de agosto de 2013

8

Last Friend

Esse Jdorama abordou diversos assuntos, entre eles podemos destacar violência doméstica, amizade,sexualidade, culpa e conflitos internos.

   Desde o primeiro episodio fiquei animada para assisti-lo todo. Foi um dorama incrível, e devo bater palmas para a autora, que fez as historias se interligarem de uma maneira incrível, não deixando passar nada.
   Inicialmente fiquei dividida pelo o que eu sentia em relação a Last Friend,não sei se eu ficava triste ou com raiva. Pois tinha momentos que os personagens eram tão problemáticos que dava vontade de entrar na tv para resolver. Explicarei com detalhes ao longo do post.

Vamos ao resumo da historia!
   Conhecemos Mishiru, uma garota que vive com uma mãe que não tá nem ai para nada. Ela namora Sousuke, um rapaz aparentemente comportado e gentil, que a chama para morar em sua casa.Em um dia qualquer, ela também reencontra uma antiga amiga do colégio, Ruka. A partir desse reencontro e dessa mudança, muitas coisas acontecem que viram a vida de Mishiru de cabeça para baixo, envolvendo um grande drama, conflito, amor, amizade e violência.
   Juro pra vocês que fiquei várias vezes com vontade de entrar na tv e quebrar a cara de alguns personagens, sério, era tanto drama que eu não conseguia compreender ao certo. Tipo, a história fazia sentindo sabe? Mas não entendia o por que das ações de certos personagens, até que resolvi refletir, e percebi que cada um tinha o seu problema, que ninguém entenderia, até passar por ele.

Tá confuso ? Vamos conhecer os personagens e esclarecerei.
   Primeiro temos que partir de Mishiru, nossa principal. Inicialmente ela sai da casa da mãe doidona que não tá nem ai com a vida, e vai morar com o namorado super gatão chamado Sousuke (Me apaixonei por esse ator quando ele fez 1 litro de lagrimas, e sou gamada por ele desde então *--*). Entretanto as coisas não são bem assim, e nota-se isso logo no primeiro episodio (Por isso o que eu vou falar não tem nada de spoiler).
  Mishiru é vitima da violência doméstica e de um ciúme excessivo por parte de Sousuke, que acaba por gerar um tipo de amor possessivo da parte dele. Ao longo do dorama, várias cenas de violência entre o casal são explicitas. O que por isso dou uma pontuação bem maior nesse requisito. O tema foi muito bem focado e abordado.
   Entretanto deu raiva as vezes, e foi nessa hora que dava vontade de entrar na tv e quebrar a cara dos personagens. Primeiro Mishiru é uma otária. SIM, OTÁRIA. Diversos casos de mulheres que apanham de seus maridos, não denunciam por medo. Mas o caso dela, era por que Mishiru ainda era fascinada por ele, tanto que nas partes que ela conseguia fugir dele, a garota simplesmente voltava por que se preocupava com ele. Vai se lascar ¬¬” #MasoquismoDetectado.
   O outro fator puxando a violência domestica, é que muitas mulheres estão solitárias, tem medo de relevar o que realmente acontece em casa, e isso acarreta uma violência pelo resto da vida. O QUE NÃO É O CASO DE MISHIRU. Os amigos que ela consegue ao longo dos episódios, sabem do que ela passa, e tentam sempre ajudar. E A OTÁRIA NÃO EXERGA, e se enxerga, é tão idiota que ia atrás do perigo !!! Afff, tudo bem, me acalmei, é que deu raiva cara, sério mesmo.
   Nossa segunda personagem é Ruka. ELA É UMA FOFA! E acreditem, não digo fofa por ser meiga e nem nada, ela é osso duro de ruer. Notamos que ela é uma tomboy( Garota que se veste de garoto), mas ao longo do dorama, percebemos o que ela realmente é, e o que sente, levando a tema sobre sexualidade.
   O drama de Ruka ligado com o drama de Mishiru foi simplesmente incrível! A autora conseguiu fazer um desenrolar muito maneiro entre as duas. Percebe-se desde o primeiro episodio que Ruka na verdade é apaixonada por sua amiga de infância, Mishiru. Mas como revelar isso para ela e para a sociedade? Como dizer que na verdade ela é lésbica?
   Tekeru foi outro personagem que adorei! Ele é aquele tipo de amigo que todo querem ter. Está sempre lá para ajudar e apoiar, não importa o que aconteça. Ele também tem um conflito em sua vida, que é revelado apenas no final, mas não consegui entender o que realmente ocorreu. Alguém pode explicar?

SPOILER : Eu nunca achei que ele fosse gay, primeiro eu pensei que ele foi assediado quando criança. E depois pensei que ele foi assediado pela irmã. Ele explicou o por que sentia pavor por corpo de mulheres, mas até agora não entendi muito bem o.O, quem souber, pode me dizer nos comentários? (Mas coloquem aviso de spoiler)  FIM DO SPOILER
   Temos Eri, a amiga que mora junto com Ruka. Ela é fantástica ! A personalidade dela contagia a todos ao redor, alegre e simpática, ela faz a cena junto com um outro morador que vai para a casa dela e de Ruka, após se separar de sua esposa. Eles dois juntos são incríveis!
   E por último, Sousuke, deixei esse gato desgraçado por ultimo. No começo sentir MUITA RAIVA dele, juro que deu vontade de encerrar o drama (mas eu nunca faria isso hehe)pois o ciúme dele era doentio. O amor que ele dizia sentir pela Mishiru era possessivo demais. Inicialmente achei ele apenas um desgraçado egoísta que se achava o bambam. Mas ai tentei analisar profundamente ele.
   Sousuke cresceu solitário, e por isso cresceu com esse sentimento de solidão dentro de si. Com isso , ter Mishiru ao seu lado era uma forma dele não se sentir sozinho. Realmente ele a amava, mas amava a si mesmo, pois apesar de tudo, o sua única procupaçao era de não ficar sozinho.

SPOILER : A cena dele com a criança foi fofa. Mas ainda sim fiquei com vontade de quebrar a cara dele e dar um chute entre as pernas pra ele aprender. Em nenhum momento eu senti pena, mas a raiva por ele foi diminuindo a medida de como a Mishiru era idioda, pois a garota estava ficando tão insuportável pra fica correndo atrás do Sousuke, que quando ele batia nela, nem raiva e pena eu sentia mais. FIM DO SPOILER.
Enredo Envolvente

 Violência doméstica, problemas sobre sexualidade, amor possessivo e amizade. São os quatros temas incríveis que posso relacionar sobre o enredo todo. E a forma abordada foi surpreendente.
Personagens admiráveis

Até o nosso vilão é admirável! O gato do Nishikido Ryo  ,que é o nome do lindo ator, interpretou lindamente seu papel de vilão. Todos os personagens atuaram super bem com suas respectivas emoções a cada conflito.

Trilha Sonora

O QUE FOI ESSA TRILHA SONORA?! Deixei a abertura logo abaixo pra vocês conferirem, a música é perfeita e viciante desde a primeira escutada !!

Final

   Nota-se logo no primeiro episodio, que esse dorama iria ter um final triste e de chorar aos prantos. Mas não foi isso que aconteceu. Teve um final feliz e satisfatório, não vejo nada a mudar e acrescentar ! Muito bom !

Por que Assistir : Só pelos temas abordados, já é uma ótima história a acompanhar. O japoneses sabem como fazer um bom enredo dramático, e Last Friend não foi diferente, um enredo realmente adulto e satisfatório.

Por que não assistir : Se não gosta de drama e violência, não assista.


Sinopse

 Last Friends aborda questões que afligem a geração atual. Michiru (Nagasawa Masami) começa morar com seu namorado, um bom rapaz, e a única pessoa que pode lhe dar apoio emocional, mas acaba sofrendo de violência doméstica pelas mãos dele e torna-se receosa no amor. Ruka (Ueno Juri), uma garota com um estilo masculino foi um colega de Michiru no Segundo Grau. Ela se tornou uma brilhante corredora de motocross e carrega uma mágoa em seu coração. Atraído por ela está Takeru (Eita), um cabelereiro e maquiador que tem uma fobia do sexo por causa de um trauma passado. As vidas dos três personagens tornam-se interligadas quando eles começam a morar juntos.



Onde Encontrar:




8 comentários :

  1. Gostei do seu ponto de vista...Adiei até agora esse drama,mas acho que vou dar uma olhada nele ;) Obrigado pela recomendação :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista ! Ele é um tipo de dorama pra adiar mesmo(Eu já tinha visto ele,mas tbm adiei kkkk).Muito bom dorama!

      Excluir
  2. Eu assisti esse drama e concordo com vc em muitas partes! Mas como o Nishikido é meu xodó, eu não conseguia ficar com muita raiva dele...
    Adoro seu blog, tem sempre ótimas dicas!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom q vc gosta daqui Bruna! ><
      aaaaaah, no começo eu até ficava com raiva dele,mas depois ficava com raiva era da idiota da outra principal!! ¬¬"
      Nishikido é MUITO lindo cara!

      Excluir
  3. O bom que você já nos alerta Sandi! Pq não gosto de dramas muito densos! Vou passar longe apesar de me parecer ser ótimo! rs

    ResponderExcluir
  4. Eu AMO dramas assim (prefiro filmes que é menos enrolado).
    Quando comecei a assistir só gostava de romance e tals, mas depois de Beautiful passei com meu preconceito -q
    Esse drama parece ser MUITO bom(confesso que fiquei interessada na violência doméstica), principalmente por que trata de problemas e dilemas reais (o que não é normal em um drama), diferente do tema comum "jovem se apaixona por um arrogante".
    Enfim... Amei o post, fiquei muito afim de ver *u*

    Bjs (o(

    http://oppadoramas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hana, Assista mesmo! O que mais gostei foi justamente isso, foge de todo esse conceito de "romancezinho", realmente muito bom! Sem contas que as interpretações foram perfeitas em todos os sentidos!

      Excluir

Quer comentar algo? Fique a vontade! Lembre-se que seu comentário é o motor do blog =D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...